Após ‘bombardeio’ nas redes sociais por comentário infeliz, Claudia Leitte tenta redenção

Após 'bombardeio' nas redes sociais por comentário infeliz, Claudia Leitte tenta redenção
Após ‘bombardeio’ nas redes sociais por comentário infeliz, Claudia Leitte tenta redenção

Após ‘bombardeio’ nas redes sociais por comentário infeliz, Claudia Leitte tenta redenção

A cantora Claudia Leitte usou a redes sociais nesta segunda-feira (24) para se desculpar pela resposta evasiva em sua participação no programa “Altas Horas”, do último sábado (22).

Após receber críticas, ela se desculpou pelo episódio e disse que não usou da ferramenta que tem para fazer alguma diferença. “Quero me redimir disso. Quero dar espaço para que coisas diferentes aconteçam. Eu posso ser um agente de mudança. Eis me aqui”, disse em sua rede social. As informações são do site IstoÉ.

>>Homem tenta assaltar ônibus simulando estar armado e é imobilizado por passageiro

Durante o programa, a cantora foi questionada sobre o que causa indignação a ela e se isentou, ao contrário de outras convidadas como Ana Maria Braga e Deborah Secco, que citaram os problemas sociais brasileiros e falta de vacinas contra a Covid-19.

No vídeo, a cantora disse que deveria ter aproveitado o momento para ter consciência de seu papel social e falar sobre indignações levantando discussões e conversas a respeito do assunto e mudanças de atitude e comportamento na sociedade.

“Mais que um desabafo, esse era um momento eu precisava ter muita consciência do meu papel social e eu não tive. Não sei porque, cargas d’água, dei uma resposta evasiva naquele momento e, desde que saí do programa, estou reflexiva”, começou a cantora.

>>Surpreenda sua família com esta receita saborosa de rolos de lasanha

A artista disse ainda que tem um papel claro de servir as pessoas com o entretenimento e o faz com um propósito, pois continua sendo cidadã e representando as pessoas mesmo com o microfone desligado.

“Eu acho que um artista tem um papel que precisa ficar muito claro. Eu subo num palco para cantar e eu sirvo o outro através da minha música, faço entretenimento, mas faço com uma missão, um propósito. E quando saio do palco, em qualquer situação, continuo sendo cidadã, mas se tenho o microfone ligado, continuo representando aquelas pessoas, servindo aquelas pessoas, disse.

Problemas sociais

Claudia Leitte pontuou alguns problemas sociais indignantes a ela que poderia ter falado na oportunidade como o fato de as pessoas não usarem máscaras e continuarem a promover aglomerações mesmo com a Covid-19.

>>Anvisa autoriza testes do primeiro soro anticovid no Brasil

A cantora chamou atenção ainda para a fome, outro problema social brasileiro. “O número de pessoas passando fome é revoltante, é triste, é desesperador e sufoca” disse.

Outro assunto abordado pela artista foi as mulheres que sofrem com violência doméstica e que não têm abrigo e são abusadas dentro de casa e se mostrou indignada a respeito da incerteza do retorno do setor de entretenimento em meio à Covid-19, onde ela está inserida.

Veja mais