Bolsonaro começa a se alimentar, mas não tem previsão de alta

Bolsonaro começa a se alimentar, mas não tem previsão de alta
Bolsonaro começa a se alimentar, mas não tem previsão de alta

Bolsonaro começa a se alimentar, mas não tem previsão de alta

O presidente da República, Jair Bolsonaro, continua evoluindo satisfatoriamente hoje (16), segundo boletim médico divulgado no início da noite. Bolsonaro está internado desde a noite de quarta-feira (14) no Hospital Vila Nova Star, após apresentar um quadro de obstrução intestinal.

O hospital informou que, nesta tarde, o presidente passou por exame de tomografia computadorizada do abdômen, que evidenciou melhora do quadro de suboclusão.

Ontem (15) foi feita a retirada da sonda nasogástrica com a perspectiva de que hoje fosse retomada a alimentação oral. Segundo o boletim, o presidente aceitou bem o início da alimentação.

Ainda de acordo com o informe da equipe médica, Bolsonaro segue em cuidados clínicos, mas não há previsão de alta.

Hoje, o presidente divulgou fotos nas redes sociais. Em uma delas, informa que estava despachando do hospital. “Via internet, seguimos fazendo o possível para manter os compromissos. Despachando com ministros”, escreveu.

Em outra foto, Bolsonaro caminha no corredor do hospital, segurando o suporte para soro. “Em breve de volta a campo, se Deus quiser!”, escreveu.

>>Luto: morte da jovem Fabiana de Jesus gera grande comoção em Simões Filho

Histórico

Na quarta-feira, Bolsonaro deu entrada pela manhã no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, com uma crise persistente de soluço e mal-estar. Exames indicaram um quadro de obstrução intestinal. Por decisão do cirurgião Antonio Luiz Macedo, responsável pelas cirurgias no abdômen do presidente, Bolsonaro foi transferido para São Paulo.

>>Mortes por Covid-19 caem 14% e casos, 8%, diz Ministério da Saúde

Veja mais