Bolsonaro é internado com suspeita de obstrução intestinal

Presidente Bolsonaro
Bolsonaro é internado com suspeita de obstrução intestinal

Bolsonaro é internado com suspeita de obstrução intestinal

O presidente Jair Bolsonaro teve que interromper as férias na madrugada desta segunda-feira (3), e precisou ser levado para o Hospital Vila Nova Star, na Vila Nova Conceição, Zona Sul de São Paulo. A suspeita, segundo sua equipe médica, é que ele esteja com uma nova obstrução intestinal.

Ele deixou o Forte Marechal Luz, em São Francisco do Sul (SC), à meia-noite de domingo (2), a bordo de helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB), e seguiu até Joinville (SC), onde embarcou para São Paulo. A Assessoria do presidente emitiu nota sobre o caso.

“A Secretaria Especial de Comunicação Social informa que o Presidente da República, Jair Bolsonaro, após sentir um desconforto abdominal, deu entrada no Hospital Nova Star, em São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (3), para a realização de exames. A SECOM informa, ainda, que o Presidente passa bem e que mais detalhes serão divulgados posteriormente, após atualização do boletim médico”, diz o texto.

De acordo com informações do médico Antônio Luiz Macedo que operou o presidente após a facada recebida durante a campanha eleitoral, a comitiva que acompanhava Bolsonaro relatou que ele sente dores abdominais e, por isso, foi levado ao hospital. Segundo Macedo, no entanto, não acredita que seja necessário Bolsonaro passar por cirurgia.

O médico estava nas Bahamas e aguardava um avião para voltar ao Brasil e avaliar o quadro do presidente.

A agenda do Presidente não prevê compromissos nesta segunda e nem terça-feira (4).

Desde que foi vítima de uma facada durante a campanha eleitoral de 2018, Bolsonaro já passou por quatro cirurgias em decorrência do episódio. Ele também passou por outros dois procedimentos não relacionados ao ferimento: a retirada de um cálculo na bexiga e uma vasectomia. Em julho, ele precisou ser hospitalizado devido a soluços persistentes.

>>Bolsonaro sanciona lei que institui o Auxílio Brasil