Confira a programação semanal de vacinação contra a Covid-19 em Simões Filho

Confira a programação semanal de vacinação contra a Covid-19 em Simões Filho
Confira a programação semanal de vacinação contra a Covid-19 em Simões Filho. Foto: Reprodução/blogsaúdeMG

Confira a programação semanal de vacinação contra a Covid-19 em Simões Filho

A Prefeitura de Simões Filho, por meio da Secretaria da Saúde (SMS), divulga cronograma de atividades de vacinação semanal, de segunda-feira (14) a sexta-feira (18). A iniciativa será voltada para a aplicação da primeira e segunda dose.

As atividades seguirão acontecendo de modo descentralizado, enquanto durar o estoque, e visam contribuir para o enfrentamento da Covid-19. Confira.

>>Trabalhadores nascidos em setembro podem sacar o auxílio emergencial

Primeira Dose

1 – Pessoas com idade igual ou superior aos 50 anos:

Data: 14/06

Horário: 07h às 12h;

Local: Drive-Thru (Ginásio de Esportes – CIA 2);

Documentação exigida: Cartão SUS, RG, CPF e comprovante de residência do município.

2 – Lactantes: com idade igual ou superior aos 18 anos:

>>Fiocruz recebe insumos neste sábado para 6 milhões de vacinas

Requisito: Com 46 dias após o parto, até 12 meses de amamentação;

Dias: 14 a 18/06;

Locais: Centro Social (Sedesc)

Horário: Das 08h às 14h.

Documentos necessários: CPF, Cartão SUS, comprovante de residência do município e certidão de nascimento do filho.

3 – Gestantes e puérperas até 45 dias:

Data: 14 a 18/06;

Horário: 08h às 15h;

Local: Pam Cia (Quadra 4 – CIA 1);

>>Receita Federal recebe mais de R$ 900 milhões em devolução do Auxílio Emergencial

Documentos necessários: CPF, RG, Cartão SUS, comprovante de residência do município,  exame que comprove a gestação (para gestante sem aparência) e para puérperas certidão de nascimento do filho (original e cópia).

Segunda dose

Local: Centro Social (Sedesc – Centro);

Dias: 14 a 18/06;

Horário: das 08h às 14h.

Documentos necessários: CPF, cartão SUS e o cartão de vacinação onde foi registrada a primeira dose.

A vacinação segue em conformidade com as orientações do próprio Ministério da Saúde, os Planos Nacional e Municipal de Imunização, além de atender as recomendações da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

Veja mais