De olho em 2022, presidente quer anunciar novo Bolsa Família após o fim do auxílio-emergencial

De olho em 2022, presidente quer anunciar novo Bolsa Família após o fim do auxílio-emergencial
De olho em 2022, presidente quer anunciar novo Bolsa Família após o fim do auxílio-emergencial

De olho em 2022, presidente quer anunciar novo Bolsa Família após o fim do auxílio-emergencial

Ciente que o novo Bolsa Família pode impulsionar a sua candidatura à reeleição em 2022, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem defendido que o valor médio do programa deve ser em torno de R$ 300. Atualmente, este valor fica em R$ 190 por pessoa.

>>Lista de sequelas de covid-19 aumenta a cada dia; veja o que diz estudo

A ideia do governo é ampliar a distribuição para mais 13 milhões de brasileiros, o que faria quase dobrar o número de 14 milhões de beneficiários atuais.

Segundo informações da colunista Bega Megale, do O Globo, o objetivo é desassociar o programa do PT, inclusive com a intenção de mudar o seu nome. Uma das possibilidades sugeridas por aliados é que seja rebatizado de “Alimenta Brasil”.

>>Rodoviários entram em acordo com empresários e suspendem greve prevista para hoje em Salvador

O novo Bolsa Família seria colocado em prática assim que encerrar o pagamento do auxílio-emergencial, instaurado em meio à pandemia de Covid-19.

Para Bolsonaro, a ampliação do valor e do alcance do programa, somada ao aumento de vacinados, pode ser o que ele precisa para ficar à frente de Lula nas pesquisas eleitorais.

>>Cursos EAD gratuitos de tecnologia têm inscrições abertas; confira

Fonte: BNews

Veja mais