Estes são os alimentos que ajudam o corpo a lidar com longos períodos de estresse

Estes são os alimentos que ajudam o corpo a lidar com longos períodos de estresse
Estes são os alimentos que ajudam o corpo a lidar com longos períodos de estresse. Foto: Freepik

Estes são os alimentos que ajudam o corpo a lidar com longos períodos de estresse

Dores de cabeça frequentes, insônia e baixa produtividade no trabalho, podem ser alguns sintomas relacionados ao estresse e que podem estar afetando sua saúde e sua vida pessoal. Existem várias causas que podem levar ao estresse, sendo uma das mais comuns as pressões do trabalho. No entanto, o estresse é uma reação natural do corpo a eventos perigosos ou situações desafiadoras, como apresentar um projeto final ou ter que passar em um exame muito importante.

De acordo com o portal da Clínica Mayo, as causas mais comuns de estresse além da alta carga de trabalho são problemas familiares ou até mesmo pagamento de contas, resultando em uma sensação de estar “sob ataque”.

>>Fácil, rápido e crocante: receita para preparar pão de alho em casa

Deve-se levar em consideração que o estresse é produzido por uma combinação de sinais nervosos e hormonais, que liberam adrenalina e cortisol para o corpo. A adrenalina é responsável por fazer o seu batimento cardíaco subir, aumentando o suprimento de energia, enquanto o cortisol -também conhecido como hormônio do estresse- aumenta os níveis de glicose no cérebro, suprimindo a resposta do sistema imunológico e digestivo, bem como o reprodutor e o crescimento.

É por estes mesmos motivos que entre os principais problemas de saúde devidos ao stress constante, podem-se sofrer de problemas digestivos, diarreia, prisão de ventre, problemas de sono, fadiga, falta de memória e até perda de peso sem motivo aparente ou sem motivo. Ao contrário, doenças como diabetes ou problemas como sobrepeso e obesidade causados ​​pela ingestão de alimentos para tentar aliviar a pressão.

>>Receita fácil: prepare esse delicioso pudim de café sem ovos e sem forno

Alimentos para reduzir o estresse

Assim como existem algumas recomendações alimentares que você deve evitar quando passa por longos períodos de estresse , também existem algumas que podem ajudar a reduzir os sintomas, além de acalmar a ansiedade. É importante ressaltar que o melhor será sempre consultar um especialista em saúde, pois ele nos fornecerá o tratamento mais adequado para cada pessoa e suas necessidades específicas.

Comida roxa

Produtos como mirtilos, amoras, couve roxa, uva, beterraba, ameixa, entre outros, fornecem grandes quantidades de antocianidinas, um antioxidante natural que ajuda a melhorar a produção de serotonina e dopamina, responsáveis ​​por melhorar o humor e a memória respectivamente. Ingerir um punhado desses alimentos pela manhã o ajudará a controlar seus níveis de estresse.

>>Comida saudável: experimente esta deliciosa e nutritiva sopa de abóbora

Pistaches

Essas nozes são perfeitas para melhorar a saúde do coração e até mesmo fornecer uma boa quantidade de energia. Podem ser consumidos como um lanche saudável a qualquer hora do dia, por isso não se esqueça de colocá-los na mochila ou bolsa antes de ir para o trabalho ou escola.

Vitamina C

A vitamina C é uma das mais necessárias para fortalecer o sistema imunológico, que por sua vez ajudará a repor os micronutrientes que se perdem em situações de estresse constante. O melhor é consumir de 4 a 6 porções de alimentos ricos em vitamina C como laranja, tangerina, kiwi, pimentão vermelho, brócolis, melão, tomate, entre outros.

>>Conheça o tratamento a base de gelo que promete um rosto radiante

Chocolate preto

Felizmente para nós, alguns alimentos relacionados a doces também entram nesta lista, como o chocolate amargo. Seu consumo libera hormônios ligados ao prazer, que anulam a sensação de dor e depressão, além de conter alto teor de magnésio. Consumir de preferência pela manhã, mas sem exagerar.

Vegetais de folhas verdes

Vegetais como acelga, espinafre, alface, entre outros, são essenciais na alimentação diária, pois contêm uma boa quantidade de magnésio, um dos minerais mais consumidos pelo organismo em períodos de estresse. Recomenda-se consumi-los pelo menos 3 vezes por semana para reduzir os sintomas relacionados ao estresse.

Veja mais