INSS envia cartas para aposentados e pensionistas suspeitos de irregularidades: veja modelo

INSS envia cartas para aposentados e pensionistas suspeitos de irregularidades: veja modelo
INSS envia cartas para aposentados e pensionistas suspeitos de irregularidades: veja modelo

INSS envia cartas para aposentados e pensionistas suspeitos de irregularidades: veja modelo da carta enviada.

Aposentadorias, BPC/Loas e pensões cujos pagamentos possuem indícios de irregularidades devem receber um comunicado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), por meio de carta, e-mail ou extrato bancário. Esse é um procedimento padrão do INSS toda vez que órgão encontra alguma suspeita de fraude. Se confirmadas, as suspeitas podem resultar na suspensão dos benefícios, que incluem aposentadorias, pensões e BPC/Loas.]

Veja mais: INSS: 529 mil aposentados terão salários bloqueados por falta de recadastramento

Aposentados, pensionistas e quem recebe BPC devem ficar atento ao modelo de carta enviada pelo INSS para evitar golpes. A reportagem teve acesso ao modelo da carta que é enviada aos segurados. No caso do recebimento de outro tipo de correspondência, o beneficiário deve verificar se trata-se de golpe.

A carta enviada pelo INSS informa sobre a necessidade de “reavaliar a documentação que embasou a concessão do benefício”, e dá um prazo de 60 dias para que o aposentado ou pensionista compareça a uma agência da Previdência Social para apresentar os documentos solicitados: CPF, identidade, certidão de nascimento ou casamento, além de carteira de trabalho.

No caso da pensão por morte, é necessário apresentar ainda a certidão de óbito e os documentos originais ou cópia autenticada do titular. Veja abaixo o Modelo de carta enviada pelo INSS

Modelo de carta enviada pelo INSS

Caso o segurado receba alguma correspondência que solicite a entrega de documentos para motoboys ou ainda em locais que não sejam uma agência da Previdência, deve desconsiderar a carta. Em caso de dúvidas, o beneficiário pode entrar em contato com a central telefônica 135.

Veja mais: Três novos benefícios vão aumentar a renda dos aposentados do INSS

INSS está notificando beneficiários no pente-fino 2020

O INSS está iniciando mais uma fase do pente-fino em 2020. Desde dezembro de 2019, o órgão começou a notificar e enviar cartas a mais de 1 milhão de beneficiários cujos pagamentos possuem indícios de irregularidades.

Muita gente não sabe, mas o órgão federal implantou um novo Sistema de Verificação da Conformidade da Folha de Pagamento de Benefícios. Esse sistema confere com lupa a folha de pagamentos de aposentadorias, pensões, auxílios e Benefício de Prestação Continuada (BPC). O objetivo é evitar fraudes.

Quais benefícios estão na mira do pente-fino 2020?

  • Auxílios-reclusão
  • Aposentadorias
  • Pensões
  • Benefícios de Prestação Continuada (BPCs).
  • Os benefícios rurais e assistenciais

Veja 12 tipos de irregularidades procuradas pelo INSS

  1. Pessoas que fraudaram o sistema para obter a aposentadoria, fornecendo informações e documentos falsos.
  2. Pensionistas que também recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).
  3. Falta de Prova de Vida.
  4. Familiares recebendo indevidamente benefício de parente que já morreu.
  5. Quem está a mais de 6 meses sem revisão do benefício, no caso dos que recebem a aposentadoria por incapacidade.
  6. Dados desatualizados junto ao INSS.
  7. Valores mais altos do que os que se tem direito de fato.
  8. CPF do beneficiário não está registrado na base de dados da Receita Federal.
  9. Quem recebe o BPC, mas possui renda acima da faixa permitida.
  10. As pessoas que recebem o benefício do auxílio-doença ou incapacidade permanente, mas que apresentam condições de trabalhar.
  11. Servidores federais, estaduais e municipais recebendo BPC.
  12. Acúmulo de benefícios.

Veja mais