Petrobras desmente Bolsonaro sobre redução de preço dos combustíveis

Petrobras desmente Bolsonaro sobre redução de preço dos combustíveis
Petrobras desmente Bolsonaro sobre redução de preço dos combustíveis

Petrobras desmente Bolsonaro sobre redução de preço dos combustíveis

Depois que presidente Jair Bolsonaro declarou que a Petrobras vai iniciar nesta semana a redução no preço do combustível e a estatal precisou desmentir afirmação, dizendo que ainda não definiu uma política sobre a questão.

Em comunicado publicado nesta segunda-feira (06), a estatal disse que não antecipa suas decisões e que os ajustes de preços são realizados conforme políticas comerciais já estabelecidas.

“A Petrobras não antecipa decisões de reajuste e reforça que não há nenhuma decisão tomada por seu Grupo Executivo de Mercado e Preços (GEMP) que ainda não tenha sido anunciada ao mercado”, disse a empresa no comunicado.

No texto, a Petrobras reforçou que seguirá com a atual política de preços, que segue a variação do dólar e é também influenciada pelo preço do barril de petróleo no mercado internacional. O atual modelo de precificação tem sido duramente criticado.

Bolsonaro Durante entrevista ao site Poder360, o presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo (5),  que a Petrobras iria começar a anunciar uma série de reduções nos preços dos combustíveis, começando nesta semana.

 A  Petrobras reiterou ainda seu compromisso com a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado, ao mesmo tempo em que evita o repasse imediato das volatilidades externas e da taxa de câmbio causadas por eventos conjunturais.

De acordo com a Isto é Dinheiro, o comunicado parece ter surtido efeito, já que os papéis da estatal abriram o dia na B3 em alta.

>>INSS: 14º salário é aprovado em comissão e ganha datas de pagamento

Veja mais