Rui Costa afirma a possibilidade de ‘proibição total’ de eventos na Bahia

Rui Costa afirma a possibilidade de 'proibição total' de eventos na Bahia
Rui Costa afirma a possibilidade de ‘proibição total’ de eventos na Bahia

Rui Costa afirma a possibilidade de ‘proibição total’ de eventos na Bahia

Durante entrevista ao site Uol, nesta terça-feira, 11 o governador da Bahia Rui Costa afirmou que não garante se haverá realização de festas particulares durante o carnaval deste ano e disse que há possibilidade de haver proibição total de festas na Bahia por conta do aumento de casos de Covid e gripe.

“Qualquer festa está limitada ao limite máximo de 3 mil pessoas, todas vacinadas. Se o número de infectados e internados continuar crescendo, esse número [de pessoas em eventos] vai ser reduzido, chegando mesmo a ser possível a proibição total de qualquer encontro festivo”, alertou o governador.

Rui também comentou sobre o encerramento de subsídio por parte do governo federal para municípios manterem unidades de pronto atendimento para Covid-19 e gripe.

“Solicitei que a Secretária de Saúde entrasse em contato com o Ministério da Saúde porque está previsto que o ministério encerrará a contribuição [aos municípios] para a Covid-19 no final do mês, em 31 de janeiro”, lembrou o governador.

“Os municípios sozinhos não conseguem manter os gripários e unidades de emergência para Covid ou gripe sozinhos, sem ajuda de recursos extra. Estamos ajudando, mas consideramos fundamental que o ministério continue ajudando os municípios para manter as unidades extras que são e serão necessários para dar conta desse grande volume de pessoas com sintomas gripais”, concluiu.

Vale salientar que nesta terça-feira, o governo do estado atualizou o decreto que estabelece as normas para realização de eventos em todo o território da Bahia. Agora,  o limite de público passa a ser de 3 mil pessoas.

Além disso, fica estabelecia a exigência da comprovação da vacinação em bares, restaurantes e locais como parques públicos estaduais, que só poderão ser acessados com a apresentação do  cartão da vacina ou do Certificado COVID.

Além do aumento de casos de Covid-19, nesta segunda- feira o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) detectou, por meio de sequenciamento genético, 12 amostras da variante ômicron no estado. Os casos foram identificados em residentes de Salvador, Guanambi, Seabra, Camaçari, Madre de Deus e São Francisco do Conde.

>>Governo reduz de 10 para 7 dias o isolamento de pacientes com covid-19

Associação Brasileira dos Promotores de Eventos afirma que decisão de Rui Costa sobre eventos  é ‘preconceituosa’

Em carta aberta divulgada no fim da noite da última segunda (10), a Associação Brasileira dos Promotores de Eventos pontuou que a decisão do Governo da Bahia em reduzir o público de eventos realizados no estado foi uma atitude precipitada e preconceituosa com o setor de entretenimento.

No pronunciamento, a Abrape afirma que eventos de grande porte realizados no país, como a F1, Rodeio de Jaguariúna, Carnatal e partidas de futebol, não impactaram no número de casos da Covid-19.

“A Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (ABRAPE) considera precipitado, preconceituoso e prematuro o cancelamento de eventos controlados que obedecem os cuidados necessários e exigidos”.

Veja a Carta:

 

Foto: Abrape

 

Foto: Abrape

>>Pis/Pasep de trabalhadores de cidades atingidas pelas chuvas é antecipado

*Com informações do ATARDE

Veja mais