Seu CPF está Suspenso: quais os motivos e como resolver

Seu CPF está Suspenso: quais os motivos e como resolver
Seu CPF está Suspenso: quais os motivos e como resolver

Seu CPF está Suspenso: quais os motivos e como resolver.

Já tentou fazer o cadastro em uma loja por exemplo, e quando foram consultar seu nome apareceu CPF suspenso? Tentou pedir o auxílio emergencial e não conseguiu? É um momento desesperador, não é mesmo? Não sabemos ao certo o que podemos ter feito para tal restrição. Então, confira esse texto, entenda o que significa essa situação e como regularizar CPF.

Uma decisão da Justiça permitiu o recebimento do auxílio emergencial mesmo para quem está com CPF suspenso.

Veja mais: Como fazer CPF em meio a pandemia do coronavírus

O primeiro passo é saber o que é o CPF. Se você tem dúvidas, confere o conteúdo que fizemos e explica em detalhes para que serve esse documento!

O QUE SIGNIFICA CPF SUSPENSO?

Ter o CPF suspenso significa que falta alguma informação no seu cadastro com a Receita Federal ou algum dado está incorreto. Em muitos casos, o motivo que leva o CPF ficar suspenso está ligado com o Título de Eleitor. Isso acontece porque a Receita Federal alinha seus dados com as informações da Justiça Eleitoral.

AUXÍLIO EMERGENCIAL
Um juiz do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) suspendeu a exigência de estar com CPF regularizado para acessar o Cadastro Único e receber o auxílio emergencial de R$ 600. É importante ficar atento às mudanças do governo em relação a esse ponto e regularizar seu CPF o quanto antes para não ficar impedido de fazer outras coisas, como mostramos abaixo.

QUAIS RISCOS EU CORRO NESSA SITUAÇÃO?

Nessa situação, você acaba enfrentando problemas em uma série de situações, como:

  • Abrir conta corrente ou poupança;
  • Fazer empréstimos;
  • Tirar o passaporte;
  • Participar de concursos públicos;
  • Receber sua aposentadoria;

COMO REGULARIZAR CPF?

Se você possui título de eleitor pode regularizar o CPF na página da Receita Federal na internet. Caso não possua o título de eleitor, você precisará comparecer a uma agência do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal ou dos Correios.

Agora que você já sabe regularizar CPF, consulte no site da Receita Federal e confirme se está tudo certo.

Fonte: Dica serasa.com.br

Veja mais