Simões Filho: Criança de 1 ano e 9 meses com Microcefalia em estado grave aguarda por regulação na UPA

Foto: Reprodução

A situação caótica em que se encontra a saúde pública em Simões Filho, já não é mais uma novidade. Diariamente diversas denúncias são feitas, relatando o sofrimento da população. E, este é mais um registro da precariedade no município.

Gustavo Barbosa de Jesus de apenas 1 ano e 9 meses, portador da microcefalia, está internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA),há uma semana, com  infecção respiratória e aguarda por regulação. Na última sexta-feira o garoto teve alta médica, mas segundo parentes ao chegar em casa a criança não se sentiu bem e aspirou a comida.

Na UPA não deram a comida pela sonda. Meia hora depois de ter chegado em casa, ele aspirou  e tivemos que voltar com ele para a unidade. Ele esta muito mal. Estamos tentando regulação, mas até agora nada”, disse a prima da mãe do garoto, Paula Barbosa Ferreira.

Ainda segundo Paula, tentaram regulação para o hospital do Subúrbio e o Martagão Gesteira, mas até agora não obtiveram êxito. “Aqui em Simões Filho tem o hospital de emergência, mas não tem UTI. Se não fizerem nada, ele vai morrer”, alertou.

A situação do pequeno Gustavo não é incomum em Simões Filho, são muitas famílias que vivem o mesmo drama e apelam pelas vidas de seus familiares que dependem do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS).

Veja mais