Suspeito de mandar matar pediatra na Bahia se apresenta à polícia

 

 

Suspeito de mandar matar pediatra na Bahia se apresenta à polícia
Suspeito de mandar matar pediatra na Bahia se apresenta à polícia

Suspeito de mandar matar pediatra na Bahia se apresenta à polícia

O homem suspeito de ser o mandante da morte do pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, 44 anos, se apresentou à polícia, na tarde desta sexta-feira, 22, na delegacia de Barreiras, no oeste da Bahia, segundo informações da Polícia Civil.

O médico foi assassinado no dia 23 de setembro, enquanto realizava atendimento no seu consultório. Ele foi baleado na frente de pacientes e da esposa, que é enfermeira e trabalhava com ele no local.

De acordo com a polícia, Diego Santos Silva, de 31 anos, conhecido como Diego Cigano, se apresentou nesta sexta na 11ª Coorpin Barreiras por volta das 15h e confessou ser o mandante do crime. Ele, que teve a prisão decretada no início de outubro, estava foragido.

Conforme a polícia, foram realizadas as comunicações de praxe, além de exame de lesões corporais no custodiado. Também foi cumprido o mandado de prisão em desfavor do mesmo.

Quatro suspeitos já foram presos: os executores do crime e um casal, que conforme as investigações, atuou como olheiro. Os três homens foram encaminhados para a penitenciária de Barreiras e a mulher está presa na delegacia de Barra.

A Polícia Civil informou que só vai dar detalhes do caso depois de concluir o inquérito.

>>Homem surta e ataca 5 pessoas com um facão em Mar Grande, na Bahia

Veja mais