Xuxa detona Mara Maravilha após ela usar termo ‘débil mental’ em ‘Ilariê’

Xuxa detona Mara Maravilha após ela usar termo 'débil mental' em 'Ilariê'
Xuxa detona Mara Maravilha após ela usar termo ‘débil mental’ em ‘Ilariê’

Xuxa detona Mara Maravilha após ela usar termo ‘débil mental’ em ‘Ilariê’

Após a cantora Mara Maravilha ter inserido o termo débil mental e cantado uma paródia de ‘Ilariê’ durante o programa do Ratinho a rainha dos baixinhos Xuxa Meneguel condenou o uso de uma expressão pejorativa sobre pessoas com deficiência e pediu que a ex-apresentadora fosse ignorada.

Na atração do SBT, que contou com a presença de Serginho Malandro, Mara afirmou que tinha uma paródia da música e cantou: “Tá na hora, tá na hora. Da lavagem cerebral. Eu ganhei um disco da Xuxa e virei débil mental”.

Logo após o apresentador afirmou que Xuxa ficaria chateada com ela. Nas redes sociais, a apresentadora afirmou sentir pena de Mara e questionou como uma pessoa que trabalhou com crianças cantar o que cantou.

“Quando eu ouvi isso, me coloquei no lugar de uma pessoa com necessidades especiais. E te juro que fiquei triste. Como uma pessoa que trabalhou para criança fala isso?”, escreveu Xuxa.

“Por mim, ok. Só me dá mais pena dela. Mais pelas crianças e pessoas com um grau de intelecto que esteja ‘nessa expressão’. É simplesmente feio. Desculpem a todos com alguma necessidade especial. Nem todas as ex-apresentadoras são assim. O que ela quer é espaço, não dê a ela”, finalizou a eterna rainha dos baixinhos.

Mara pede desculpas

Em comunicado divulgado pelas redes sociais, Mara Maravilha se desculpou pelo uso da expressão ofensiva e compartilhou uma foto ao lado de crianças com síndrome de down, tirada há algumas décadas.

“Representar a arte, a comunicação e o imaginário do público é justamente reconhecer que temos grandes responsabilidades ao que propagamos diariamente com bons ou maus exemplos. Mesmo com a dita liberdade de expressão, concordo que fui infeliz na empolgação do entretenimento”, escreveu.

Mara pediu desculpas a Xuxa, ao compositor de “Ilariê”, Cid Guerreiro e aos fãs que as apresentadoras têm em comum. “Triste comigo, fui infeliz. Antes de ser artista, sou um ser humano”, declarou.

>>Nascidos em julho já podem sacar o auxílio emergencial 

Veja mais