Caminhoneiros em protesto bloqueiam rodovias federais da Bahia

Caminhoneiros realizam protesto e bloqueiam rodovias federais na Bahia
Caminhoneiros realizam protesto e bloqueiam rodovias federais na Bahia |Foto: Reprodução/TV Bahia

Caminhoneiros realizam protesto e bloqueiam rodovias federais na Bahia

Pelo segundo dia consecutivo, caminhoneiros a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fazem manifestações nas estradas bloqueando as pistas em diversos pontos do país. Até esta manhã, foram registrados bloqueios em rodovias de pelo menos 10 estados: SP, RJ, BA, GO, MA, MG, PA, RS, SC e TO. Na maioria dos locais, os manifestantes estão permitindo a passagem apenas de carros pequenos, veículos de emergência e cargas vivas ou de alimentos perecíveis.

Na Bahia os caminhoneiros realizam bloqueios em ao menos três rodovias federais que cortam o estado. Um deles ocorre na BR-242, em Luís Eduardo Magalhães, oeste do estado, e começou na terça-feira (7); outro é realizado em trecho da BR-116, na saída de Feira de Santana, cidade que fica a cerca de 100 quilômetros de Salvador; e o terceiro é na BR-101, em cidade do sul baiano.

Segundo os caminhoneiros, os protestos defenderam pautas antidemocráticas e contra a Constituição Federal, como a destituição de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em Luís Eduardo Magalhães, o bloqueio é realizado na entrada da cidade. Todos os caminhões estão sendo parados, enquanto a passagem de carros de passeio é liberada pelo grupo. Os caminhoneiros usam pneus e outros objetos para bloquear a pista.

Já em Feira de Santana, há dois bloqueios. Um começou na noite de quarta-feira (8) e ocorre na saída da cidade, no trecho norte da BR-116, altura do Km-418. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que está no local, apenas carros pequenos e caminhões com alimentos perecíveis são liberados para passar.

O outro começou na manhã desta quinta-feira (9) e é realizado em trecho urbano da BR-116, na área da da passarela do bairro Cidade Nova.

Na quarta-feira, também houve protesto em trecho de Barreiras da BR-242, no oeste baiano, mas segundo a PRF, não há bloqueios no local nesta quinta.

Já na BR-101, o bloqueio ocorre no distrito de Posto da Mata, cidade de Nova Viçosa, região próxima ao limite com o estado do Espírito Santo.

Segundo o G1 Bahia, o grupo no local só deixa passar caminhões que transportam oxigênio, medicamentos e cargas perecíveis, além de ambulâncias e viaturas.

Presidente pede fim das manifestações

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pediu na manhã desta quinta-feira, 09, para que os caminhoneiros que o apoiam liberem as estradas do país. O chefe do Executivo fez o pedido por meio de um áudio, em que cita que a ação da categoria “atrapalha a economia” e “prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres”.

“Fala para os caminhoneiros aí, que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham a nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação e prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres. Então, dá um toque no caras aí, se for possível, para liberar, tá ok? Para a gente seguir a normalidade. Deixa com a gente em Brasília aqui e agora. Mas não é fácil negociar e conversar por aqui com autoridades. Não é fácil. Mas a gente vai fazer a nossa parte aqui e vamos buscar uma solução para isso, tá ok? E aproveita, em meu nome, dá um abraço em todos os caminhoneiros. Valeu”, disse o presidente na gravação.

>>Suspeito de chefiar quadrilha que explodiu lotérica em Simões Filho é preso

Veja mais